O Poder das Novas Tecnologias e a oportunidade das Universidades

Mindelo, 28 de Março de 2022

Em missão de serviço na Cidade da Praia e, enquanto Reitor da Universidade Lusófona de Cabo Verde, tive a honra de receber os alunos do 12º ano da Escola Secundária Calheta de São Miguel que, a convite do Vice-Reitor, visitaram a Instituição.

Como disse, dei as boas vindas à Universidade, acompanhado do Senhor Vice-Reitor, o Professor Mestre José Manuel Sanches Tavares e aproveitei para felicitar e agradecer os alunos que se fizeram acompanhar de dois simpáticos professores, aos quais, igualmente, agradeci.

Não vou aqui falar dos cursos, nem do funcionamento da Universidade, mas sim, referir-me a um aspeto que considero muito importante nos tempos que correm. 

No momento em que estava a executar as tarefas do quotidiano no gabinete, o Vice-Reitor e outros colaboradores da Universidade Lusófona, na Praia, encontravam-se reunidos com os alunos no Auditório da instituição e, eu estava a acompanhar a transmissão direta desse encontro, através do Facebook.

Esta iniciativa de trazer os alunos para a Universidade é muito importante porque ajuda os jovens a construírem, nesta fase, a sua opção para a formação que pretendem seguir enquanto futuros profissionais e quadros deste país. Esta é a altura própria para o fazer e com a apresentação das ofertas formativas, eles têm a oportunidade de melhor escolher.

Estamos, com esta modalidade, a inaugurar uma nova era para a ULCV. A partir de agora, todas as atividades da Universidade serão transmitidas diretamente na nossa página do Facebook. Registo, neste sentido, como é que as novas tecnologias conseguem assegurar a transparência dos acontecimentos, o que é muito importante no contexto atual. O poder das novas tecnologias permite isto mesmo. Com esta nova forma, estamos, também, a dar oportunidade à sociedade para acompanhar a nossa Instituição, ou seja, neste caso concreto, os pais e encarregados de educação desses alunos, a Calheta de São Miguel, a Direção da Escola Secundária, os colegas, estão, todos, a acompanhar esta visita, sem terem que se deslocar à Cidade da Praia.

Da mesma forma, vários cidadãos, por este mundo fora, puderam acompanhar, no momento e de forma detalhada, através do Facebook, todas as informações referentes aos cursos para os próximos tempos na ULCV, apresentados pelo Vice-Reitor.

O nosso lema é “O futuro é com a Universidade Lusófona” e com a adoção desta nova tecnologia estamos a ajudar a construir o futuro.

Estamos a tirar algum proveito das novas tecnologias, num contexto em que se questiona tudo. A revolução tecnológica veio não só facilitar como, também, despertar inúmeras questões. Hoje, questiona-se, por exemplo, o número de horas de aulas para aquisição de graus académicos; a pertinência de se estar numa sala durante cinquenta minutos para assistir uma aula; o afastamento do convívio familiar, por algum tempo para se fazer um curso, entre outros questionamentos e, ao mesmo tempo, desafios. Cabe à Universidade estar atenta aos sinais dos novos tempos criando as melhores condições para enfrentar esses desafios constantes. Portanto, as instituições de Ensino Superior devem estar muito atentas a este grande poder que as TIC’s têm, bem como as oportunidades que elas proporcionam. 

A Universidade Lusófona de Cabo Verde, ciosa dos desafios que as novas tecnologias colocam, no contexto atual, está disposta a tomar as medidas que julgar pertinentes, de modo a que possam ser melhor aproveitadas as oportunidades dos novos tempos. Assim, a transmissão direta das nossas atividades (experiência hoje inaugurada, que saúdo), aulas utilizando as plataformas online, conferências online, entre outras modalidades, são medidas que vão fazer parte, aliás, já estão, da nossa instituição. Não é por acaso que, a Universidade Lusófona de Cabo Verde está integrada na rede de bibliotecas online, um instrumento muito poderoso que permite aos alunos consultarem obras das mais variadas áreas do conhecimento e em qualquer parte do mundo. Trata-se de uma realidade conquistada e que a ULCV saberá aproveitar.

Termino, desejando os melhores sucessos aos alunos de Calheta de S. Miguel, dando os parabéns ao Vice-Reitor pela iniciativa em trazer os alunos para a Instituição para lhes ajudar a decidir caminhos futuros. Muitos alunos do 12º Ano, nesta fase, ainda não têm a decisão formatada sobre o curso que pretende fazer. Esta forma de os trazer para a instituição ajuda-lhes a escolher, não tenho dúvidas. A Universidade Lusófona de Cabo Verde, com esta prática, está a ajudá-los a construir o futuro.

 

 Reitor Doutor Carlos Alberto Delgado.

 

 

 

 

 

 

reitor.png
logo Lusofona.png